quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Ilustração vetorial: Passo-a-passo - Heather

A vantagem de possuir uma habilidade de desenhar "na mão" é bem relevante quando você vai para um software no computador. Ao menos pra mim, a impressão que dá é que as coisas se resolvem com mais facilidade.
Seja usando o mouse ou uma tablet, a primeira coisa que penso quando uso uma ferramenta do Adobe Illustrator (meu programa preferido de ilustração vetorial) é: "Como eu faria se fosse no papel?". Particularmente, quando comecei a resolver as ilustrações digitais dessa forma, consegui transmitir muito do meu estilo "analógico" pra dentro do computador e isso pra mim foi o máximo.
Eu não sou fã de fazer um passo-a-passo ou tutorial, muito mais pela mão de obra que dá. Mas como esse deu um certo trabalho e eu estava separando as imagens iniciais, resolvi publicar aqui as etapas da minha última arte vetorial.
Raramente eu faço isso com ilustrações no computador, mas pra essa eu tive uma espécie de "visão" e eu considero nesse caso um "lay-out" uma Etapa Zero. É onde tudo começa... da cabeça pro papel:

Lay-out (esboço da idéia inicial):
Ilustração vetorial: etapa zero (esboço da idéia)
Nesse caso eu imaginei uma cena bem erótica, mas nada com nudez explícita, onde a cena ia ser composta por arranjos florais e outros objetos abstratos.

Meu primeiro passo a partir daí foi transformar isso numa arte digital. Busquei no meu banco de imagens uma cena que se parecesse com essa e achei uma praticamente igual, a não ser pelo fato de que a mulher ia estar completamente exposta. A modelo chama-se Heather e resolvi usar a cena do jeito que está na Primeira etapa:

Etapa um - vetores e delineações:
Ilustração vetorial: Primeira Etapa
A referência é a imagem número 1. A maior dificuldade quando se trabalha dessa forma é ir descobrindo o que você delineia e o que realmente você quer desenhar. É só notar a variação das formas do corpo da modelo na imagem 2 para a imagem 3. As formas foram adaptadas do original para dar um corpo mais "sexy" e ousado. Na imagem 4 eu tive que usar um pouco a "imaginação": na foto original, os pés eram cortados. Eu precisei esboçar no Illustrator mesmo um pé sem nenhuma referência. É trabalhoso, principalmente pelo fato de eu só ter usado MOUSE em toda a digitalização(ainda não trabalhava com Tablet), mas o resultado final me agradou.

A partir da ilustração da modelo concluída, o passo seguinte seria elaborar um fundo/composição para a arte. Eu tenho um banco de imagens e fontes vetoriais que era perfeito para ser usado:

Etapa dois - Composições:
Ilustração vetorial: segunda etapa
Pode parecer fácil, mas a grande dificuldade de você usar shapes soltos é que eu precisava criar uma espécie de "massa" de imagens sem que ficasse exagerado demais ou destoasse da ilustração. Outro fator que dificultou foi que eu resolvi não fazer a manta de seda da foto original e eu queria preencher esse "buraco". Foram horas e montagens e acabei chegando numa composição bem razoável. Não ficou exatamente como eu queria, mas aí era cargo do cenário de fundo.

Busquei uma imagem para compôr o cenário de fundo. Caso não achasse, ia ter que acabar fazendo por conta mesmo, o que levaria mais tempo ainda e muito mais saco do que eu já tenho. É aí que vamos para a...

Etapa três e quatro - cenário de fundo:
Ilustração vetorial: terceira etapa
Antes de completar com o background oficial, eu joguei uma camada de degradê radial para dar o efeito que queria quando mesclasse o fundo original.

Ilustração vetorial: quarta etapa
A imagem (figura 9 e 10) foi baixada do site Stock.xchng. Uma ótima sugestão para quem quiser procurar imagens com royalty-free. Era perfeita para ajudar na cena. Só precisei revertê-la horizontalmente e deixar em tons de cinza para casar com as cores que eu estava utilizando.

Finalização:

Eu adoro trabalhar com camadas. Para fechar a arte eu usei o Adobe Photoshop. Como toda a arte no Illustrator estava separadinha e organizada em camadas, passar para o PS e editar foi muito prático.
Lá eu só mesclei e configurei a layer do cenário abstrato para que o fundo ficasse leve. Gerei mais alguns filtros nos traços e o resultado final ficou assim:

Ilustração vetorial: finalização

Eu comecei essa ilustração no começo de Dezembro e fui fazendo aos poucos. Hoje foi a conclusão. Tem mais umas 3 versões da arte e provavelmente eu ainda dê outras caras para ela. Essa é uma das maravilhas de se trabalhar no computador. :)

4 comentários:

PONTILHISMO disse...

PARABÉNS ATOM...
MUITO LEGAL SEU TRABALHO...
MOSTRA MUITA SENSUALIDADE E ROMANTISMO...
LUCY

Welton Rosa disse...

Parabéns pelo trabalho, ficou bem legal. Sem contar com as dicas que irão me ajudar bastante!

[]'s

Luciano Andreatti disse...

Pô Cara,que trabalho bacana Vc faz...Parabéns...Eu sou daqueles das antigas,papel e lapis de cera,ilustrator e Core tô por fora...achei esses efeitos muito bons e o teu desenho de composição então...sem comentários...parabéns outra vez!!!

F. Vitti disse...

Fico agradecido pelos elogios. Essa ilustração é apenas mais um estilo dentre os vários que desenvolvo. Respondendo ao Luciano, também sou fã dos desenhos artesanais e a maior parte do meu trabalho é tudo no "analógico". Quis apenas mostrar um outro tipo de trabalho meu, usando foto e recursos digitais. Se houver mais alguns dos trabalhos postados aqui que alguém tenha interesse em discutir mais ou que eu publique outros passo-a-passos, só me falar.
Abs!