quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Oldies But Goodies (parte II)

Há alguns poucos meses atrás eu andei vasculhando na casa dos meus pais, mais precisamente no meu "quarto de hóspedes", minhas coisas antigas. Sim, por que é lá que ficam atualmente meus arquivos, de todos os gêneros.
Enfim... numa primeira vasculhada eu achei alguns trabalhos que desenvolvi nos meus primeiros anos de curso de desenho e uns até mais pro final do curso. Houve uma época em que eu nem frequentava mais as aulas, mas acabava aparecendo lá, pelo próprio vínculo que criei com a escola em geral.
E acho que foi num desses momentos, mais precisamente em 1996, que eu acabei fazendo um desenho de observação que, na época, me agradou muito. Eu não lembro exatamente de quem era a referência, mas lembro de ter penado um pouco, pois eu já tinha "perdido a mão" para desenhos somente na base do grafite. Provavelmente nesse eu usei um 2B, 6B e talvez um integral da Cyklop. O desenho é esse:

Mago, 1996



Engraçado como hoje eu só exergo defeitos nessa arte. A proporção está toda torta, há falhas no sombreamento, traços pesados em alguns degradês, contornos marcados e forçados... mas as vezes comparo-a com a de outras pessoas que estão por aí no mercado, procurando trabalho e não consigo achar nada parecido. talvez por que algumas se recusam a passar por etapas como essas.